Pular para o conteúdo principal

...que abriu mão de mim



Querido alguém que abriu mão de mim,

Gostaria de te agradecer pela sua irresponsabilidade e sua covardia porque sem elas eu não estaria viva hoje e não seria quem eu sou. "Irresponsabilidade" porque tenho certeza que eu não estava nos seus planos naquele momento e você não tomou as devidas precauções para que "eu" não acontecesse, então obrigado por não ter se cuidado! E "covardia" porque na hora do prazer você foi madura o bastante para usufruir do momento, mas na hora de assumir as consequência de seu ato irresponsável, você não foi mulher para fazê-lo.

Confesso que levou bastante tempo para eu entender que ao invés de te odiar e praguejar eu deveria ser eternamente grata por você ter me trazido ao mundo e ter me dado a chance de viver uma vida melhor do que a que você tinha pra oferecer. Mas também, né, quem vai pensar em ser a grata a pessoa que te rejeitou e abandonou quando você sequer sabia sobreviver sozinha? Quem pensa em agradecer a pessoa que te colocou em situações de bullying por tantas vezes por ser diferente do resto da família? Ninguém, né?

Mas graças ao bom Pai ao longo desses anos aprendi a ser grata por tudo, até pelas coisas ruins que me acontecem porque absolutamente TUDO nessa vida acontece por um propósito. O fato de eu estar aqui hoje deve-se ao fato de você não me querer aí ontem, e graças a isso hoje eu sou quem eu sou e certamente sou bem melhor do que quem eu poderia ter sido se tivesse ficado aí.

Outra coisa interessante que aprendi é que o que você fez, não foi por ódio a minha pessoa e sim por AMOR. Claro! Porque só o amor que você sentiu por mim justifica você não ter me tirado o direito a vida, como tantas mulheres fazem com seus bebês. E o fato de você ter me impedido de viver uma vida miserável e ter me dado a oportunidade de viver essa vida maravilhosa que eu tenho, também foi outra prova de amor. Então sou muito grata pelo seu amor também.

Por tantas vezes as pessoas me perguntavam se eu tinha vontade de te conhecer e/ou o que eu te diria se um dia tivesse a oportunidade de te conhecer e eu dizia que não queria te conhecer, mas que se algum dia fosse obrigada a isso, ia te dar um soco na cara e despejar todo o meu ódio e fúdia sob você etc. etc. etc.. Mas hoje em dia eu já penso bem diferente, sabe? Eu não tenho ódio mais, nem te acuso de nenhum crime. Muito pelo contrário, eu até admiro a coragem que você teve de lutar pelo meu direito de viver e por ter aberto mão de mim pra que eu tivesse a oportunidade de viver melhor - eis aqui um enorme paradoxo: te acho corajosa e covarde ao mesmo tempo.

Enfim, quero te agradecer por tudo isso. Inclusive pelos aprendizados gerados a partir do seu ato.

Mas, ei, não se iluda:
1º) O fato de eu ser grata, não quer dizer que te deva algo;
2º) Não te odiar não significa te amar;
3º) Não te incriminar não significa te isentar da culpa por anos de sofrimento;
4º) Admirar sua coragem não apaga o nojo que sinto de você pela sua irresponsabilidade, inconsequência e covardia;
5º) JAMAIS pense que o fato de nós sermos "sangue do mesmo sangue" significa que temos qualquer tipo de vínculo, porque não temos e no que depender de mim, jamais iremos ter.

OK? Que isso fique bem claro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Abuso não é frescura!

Se seu tio nunca colocou a mão dentro da sua calcinha quando você era criança e disse que estava tudo bem em fazer aquilo e anos depois, quando você já era moçinha, te disse que "só" apalpar seus pequenos seios era "legal", então não fale que é frescura. Isso é abuso físico.  Se você nunca teve sua auto-estima destruída pelo seu próprio pai que achava que estava te ensinando alguma lição, nem foi chamada de vadia por ele porque estava saindo de casa com batom colorido e brincos grande, então não fale que é frescura. Isso é abuso emocional.
Se seu marido nunca te chamou de ridícula por acreditar em Deus e te proibiu de ir à igreja por achar que mulher dele não acredita nessas idiotices e nem perde tempo com isso, então não fale que é frescura. Isso é abuso psicológico.
Se seu ex nunca colocou na internet aquelas fotos e vídeos íntimos de vocês que só vocês sabiam que existiam, por pura vingança porque não aceitava o término do relacionamento, então não fale que é f…

In Memoriam

Como é triste ver mais uma vida ceifada Pela ponta da espada Que um dia prometeu te proteger Ter seus sonhos interrompidos Pelos golpes inferidos Por aquele que não soube te perder Perdeu porque não cuidou Tampouco realmente amou Apenas quis te ter Ter seu corpo, sua vida, sua mente De modo sutil e eloquente Te fez a ele pertencer Mas no fundo você sabia Que só a si mesmo pertencia E sua força parou de esconder Enfrentou seus medos, família, sociedade Mostrou que dele não era propriedade Conseguiu juntar os cacos e se reerguer Mas deixou um homem com o ego ferido O transformou no seu pior inimigo Aquele que não a deixaria sem ele viver E ele te ameaçou e perseguiu E friamente sua promessa cumpriu E agora seus filhos sem ti irão crescer Infelizmente você não é a primeira Tampouco sua história é derradeira Mas jamais a iremos esquecer Lutaremos por justiça e contra o feminicídio Para que nenhuma outra mulher precise viver num presídio Quando o relacionamento se dissolver

Seja Forte

Até quando você vai engolir calada Cada humilhação aguentada? Por quanto tempo você vai entrar no banho pra chorar Na esperança da água sua vergonha lavar? Quando você vai finalmente perceber Que o errado é ele e não você? Mulher, seja corajosa e erga sua cabeça! Por mais difícil que seja, não esmoreça! Empodere-se, seja forte! Mude seu destino, faça sua própria sorte! Se conheça, se cuide, ame primeiramente a você Saiba que sem ele também é possível viver.

Seguidores