Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

TAG 31 PERGUNTAS PARA QUEBRAR UM SILÊNCIO CONSTRAGEDOR

E aí que estava passeando pelos blogs da vida atras de blogs pessoais old fashion e tals quando de repente achei essa TAG ~ que não é bem uma TAG mas faz de conta que é ~ no blog PE-DRI-NHA e resolvi responder 1) pra dar um descontraída aqui e 2) porque adoro esses questionários que me lembram aqueles cadernos que circulavam na sala de aula na época da escola. XD
Achei interessante o nome dessa TAG porque odeio quando o assunto acaba e fica aquele silêncio mortal.~ Mas isso não quer dizer que eu vá fazer essas perguntas a pessoa porque sou tímida *^-^* e porque geralmente quando isso acontece comigo é porque EU não estou afim de continuar conversando. #joinha
Como não se trata de uma TAG, não vou indicar ninguém, mas quem responder ou já respondeu, por favor me avise pra eu ir ler porque adoro ver as respostas dos coleguinhas. ^-^




1. Você gosta de coentro ou acha que tem gosto de sabonete? Eu até gosto, mas prefiro cebolinha e salsinha. Comida com coentro parece que tem peixe e não sou…

No seu olhar

No seu olhar vejo a ansiedade De quem anseia por felicidade
No seu olhar vejo a paixão De quem se entrega de coração
No seu olhar vejo a mudez De quem não se expressa por timidez
No seu olhar vejo a dor De quem sofre por amor
No seu olhar vejo a fúria De quem foi vítima de incúria
No seu olhar vejo o segredo De quem evita o dedo
No seu olhar vejo a aflição De quem teme a rejeição
No seu olhar vejo o clamor De quem grita de temor
No seu olhar vejo a incerteza De quem não pertence a nobreza
No seu olhar vejo o mistério De quem se sente tratado como um astério
No seu olhar vejo solidão De quem vive na escuridão
No seu olhar vejo a urgência De quem está perdendo a paciência
No seu olhar vejo a esperança  De quem quer mudança
No seu olhar vejo a fé De quem luta para permanece de pé

Em seus sonhos

Se eu não estiver mais aqui quando você acordar, Não quero que você chore Quero que saiba que sempre estarei contigo em seus sonhos Cada vez que comigo você sonhar
Mesmo que você não possa mais me ver  Não quero que você chore Quero que saiba que nos reveremos em seus sonhos Cada vez que comigo você sonhar
Ainda que você não possa mais me tocar Não quero que você chore Quero que saiba que ficaremos abraçados em seus sonhos Cada vez que comigo você sonhar
E se a saudade apertar tanto a ponto de fazer seu coração doer Não quero que você chore Quero que saiba que te encontrarei em seus sonhos Cada vez que comigo você sonhar.


Medos

Tenho medo de amar, mas tenho mais medo ainda de não ser amada.
Tenho medo de chorar e de sofrer, mas sinto muito mais medo de parar de sentir.
Tenho medo de me entregar, mas não ter ninguém para me receber me dá muito mais medo.
Tenho medo de ter meu coração partido, mas mais medo ainda tenho de não ter ninguém nem para consertá-lo.
Tenho medo de ficar sozinha pro resto da vida, mas tenho mais medo ainda de morrer na companhia da pessoa errada.
Tenho medo de não ser a mulher certa, mas tenho muito mais medo de encontrar o homem errado.
Tenho medo de ser submissa, mas ser dominada me dá muito mais medo.
Tenho medo de depender do outro, mas tenho mais medo ainda dele não depender de mim.
Tenho medo de me ligar a alguém, mas tenho mais medo de ninguém se ligar a mim.
Tenho medo de perder a memória e esquecer as coisas boas, mas também tenho medo das várias coisas ruins das quais me lembro.
Tenho medo das feridas reabrirem, mas ganhar feridas novas me dá muito mais medo.
Tenho medo de n…

Se eu pudesse te ver mais uma vez

Se eu pudesse te ver mais uma vez,
Iria te abraçar bem apertado
E entre lágrimas de felicidade
Te diria o quanto você sempre foi e sempre será amado

Se eu pudesse te ver mais uma vez,
Iria te pedir perdão pelos momentos em que me fiz ausente
E durante nossa longa conversa de reencontro
Te agradeceria pelos momentos em que você se fez presente

Se eu pudesse te ver mais uma vez,
Iria te agradecer por todos os ensinamentos
E enquanto tomássemos um cafezinho na cozinha
Relembraríamos nossos melhores momentos



A montanha-russa emocional

Semana passada li uma notícia que me chocou bastante: uma mãe se matou após matar seus filhos de 3 e 6 anos. O motivo? DEPRESSÃO. Segundo pessoas próximas da família, ela apresentou algumas alterações bem sutis de comportamento de uns tempos pra cá, mas como estava sempre bem e não demonstrava em momento algum o quão no limite estava, ninguém jamais desconfiou que ela estava com um quadro de depressão tão grave. E o resultado foi esse: matou os filhos, se matou e deixou um pai e marido arrasado (fora os amigos e familiares, né?) Ou seja, não foi só a vida dela que acabou. Pra esclarecer um pouco as idéias de quem não está muito familiarizado com o problema, eis uma breve definição tirada da internet mesmo:
"Depressão é uma doença que se caracteriza por afetar o estado de humor da pessoa, deixando-a com um predomínio anormal de tristeza.Todas as pessoas, homens e mulheres, de qualquer faixa etária, podem ser atingidas, porém mulheres são duas vezes mais afetadas que os homens. (..…

Seguidores